.

Muitas de vocês já receberam algum encaminhamento médico indicando a Fisioterapia Pélvica, Fisioterapia para o Assoalho Pélvico, Fortalecimento Pélvico, Fisioterapia Uroginecológica, Fisioterapia para Incontinência Urinária, Reabilitação do Assoalho Pélvico, Fisioterapia na Saúde da Mulher… A grande maioria se perguntou: Existe fisioterapia especializada para isso? Será que é necessário? Será que é eficaz? Pois bem, neste texto irei explicar um pouco dessa especialidade na Fisioterapia que vem crescendo anualmente.

Quando temos algum problema muscular do nosso corpo, geralmente somos encaminhadas para um fisioterapeuta, que passará uma série de exercícios, alongamentos, mobilizações no corpo até ficarmos recuperadas.

Você sabe o que é assoalho pélvico?

O assoalho pélvico é composto por músculos e fáscias que agem em conjunto para suporte dos órgãos, além disso, possuem ação esfincteriana importante (uretra e ânus) e manutenção da pressão vaginal. A pelve humana é responsável pelas funções urinárias, fecal e sexual humana, além de parte da função obstétrica. Normalmente, esses músculos não são exercitados voluntariamente, de modo que ao longo do tempo ou por outras circunstâncias enfraquecem a perda de suas funções.

É ai que vem a fisioterapia pélvica, é uma área da fisioterapia que é especializada na prevenção e/ou tratamento de todas as disfunções que afetam o assoalho pélvico. É indicado especialmente no pré e pós-parto, na menopausa ou mesmo na prática contínua de esportes de impacto.

Quando essa musculatura está enfraquecida ou lesionada de forma avançada, algumas disfunções podem se tornar um incômodo para o paciente. As principais disfunções são:

  • Incontinência urinária;
  • Incontinência Fecal;
  • Prolapsos (queda) de órgãos, a bexiga, útero e reto;
  • Flacidez Perineal;
  • Disfunção Sexual Feminina: (Desejo Sexual Hipoativo, Anorgasmia, Dispareunia, Vaginismo, Transtorno de Excitação)
  • Gestação, parto e pós-parto.

Nos próximos posts estarei descrevendo a importância da Fisioterapia Pélvica nessas disfunções. Se caso houver alguma dúvida escreva para nós.

– Esse conteúdo foi escrito por:Dra. Vivian Santana | Fisioterapeuta Especializada em Reabilitação do Assoalho Pélvico.